Como escolher o creme dental?

   Dentes brancos e bem cuidados são um do sinais mais evidentes de boa saúde. Prepare-se para escová-los bem e fazer do creme dental um aliado poderoso. Quando aplicado corretamente com a escova dental, ele limpa os dentes, remove a placa bacteriana, confere polimento às superfícies e restaurações dentais e, de quebra, combate o mau hálito.
  É difícil escolher a melhor opção diante de tantas ofertas na prateleira do supermercado, certo? A rigor não existe um produto que supere o outro em eficiência e segurança, dentro da sua indicação (anticárie, antitártaro, antiplaca, entre outros).
A principal condição é que as substâncias usadas na formulação sejam compatíveis umas com as outras, para evitar que percam suas atividades. Por isso, a melhor orientação virá do seu dentista. É ele que vai dizer o que merece uma atenção especial, assim ficará mais fácil descobrir qual princípio ativo procurar na pasta de dente.
     É comum encontrar no mercado um creme dental específico para cada finalidade. A especificidade é muito difícil, porque um mesmo produto também têm vários benefícios. Por exemplo, pode ter ação anticárie principalmente pela presença do flúor, mas ele não deixa de ter ação antiplaca. Abaixo, veja quais são as principais substâncias presentes num bom creme dental.

Antitártaro
Com pirofosfato, substância que impede a formação de tártaro, mas não remove o que já existe disso só o dentista é capaz.

Antiplaca
Com triclosan, um antimicrobiano, e flúor, entre outras substâncias que agem contra as bactérias da boca. É indicado especialmente para pessoas com problemas na gengiva.

Ação Total ou Global
Indicado para pessoas que têm mais de 40 anos ou apresentam placa bacteriana e tártaro ao mesmo tempo. Combinam substâncias que evitam placa, tártaro e inflamações na gengiva.

Bicarbonato de sódio
Além de abrasivo, o bicarbonato neutraliza os ácidos da placa bacteriana e diminui a proliferação de fungos nas mucosas. Boa opção para quem vive beliscando massas e doces.

Branqueadores
Suaviza manchas causadas por pigmentos de café e de refrigerantes, que impregnam os dentes. Graças à ação oxidante do peróxido de hidrogênio e de abrasivos presentes na formulação.

Herbal ou Fitoterápico
Para gengivas sensíveis. Contam com antibióticos e antiinflamatórios naturais que atuam nas mucosas, como própolis, mirra, sálvia e malva.

Sem flúor
Crianças que engolem a espuma feita pela pasta e pessoas que não necessitam do poder remineralizante do flúor (porque têm coroa em vez de dente, por exemplo) podem usufruir desse tipo.

Dessensibilizantes
Para dentes sensíveis a calor, frio ou doces. Suas partículas de nitrato de potássio recobrem a área desfalcada de esmalte, diminuindo a sensibilidade.

Infantil
Possui menor concentração de flúor do que as pastas de dentes convencionais e é indicado dos 3 anos, quando a criança consegue cuspir a espuma, até os 12 anos.

 Há 15 anos construindo belos sorrisos!!!