Implantes Dentários - Mitos e Verdades

   Hoje vive-se a “Era dos Implantes Dentários”. Através dessa tecnologia, consegue-se reabilitar estética e funcionalmente um ou mais dentes perdidos.
   Com os implantes podem-se devolver, com segurança e durabilidade, o sorriso e a mastigação, melhorando sensivelmente a vida e auto-estima de pessoas que amargam a ausência de dentes naturais.
   Abaixo serão abordadas algumas dúvidas freqüentes, e saber-se-á se o que dizem sobre os implantes dentários é mito ou verdade.

1. PODE-SE PERDER O IMPLANTE?
VERDADE: Os implantes dentários deveriam durar a vida toda, assim como os dentes naturais. A perda do implante pode ocorrer por alguns fatores como: má higiene bucal, problemas sistêmicos, traumas, acidentes, contatos prematuros (prótese sobre o implante mais “alta” que os outros dentes) entre outros.

2. SE EU PERDER O IMPLANTE NÃO POSSO MAIS COLOCAR OUTRO?
MITO: Em muitas situações pode-se instalar um novo implante, na mesma região, assim que se remove o que foi perdido. Em alguns casos há a necessidade de se esperar um período para cicatrização óssea ou realizar um enxerto de osso no local.

3. EXISTE REJEIÇÃO AO IMPLANTE DENTÁRIO?
MITO: Nos implantes dentários, não existe rejeição. A taxa de sucesso de uma reabilitação com implantes dentários é próxima de 98%. Insucessos com implantes podem ocorrer por falha cirúrgica ou de planejamento, qualidade óssea desfavorável, problemas de saúde, higiene bucal deficiente, entre outros.

4. É DOLOROSA A COLOCAÇÃO DE UM IMPLANTE?
MITO: Não. O desconforto durante uma cirurgia para instalação de implante é muito menor que o enfrentado em uma extração dentária simples. O pós-operatório é bastante tranqüilo.

5. EXISTE UMA IDADE LIMITE PARA COLOCAR IMPLANTE?
MITO: Não. Quem goza de boas condições de saúde pode se submeter à cirurgias de pequeno a médio porte. Não existe nenhuma limitação quanto à idade para recebimento de implante dentário.

6. QUEM TEM DIABETES PODE RECEBER IMPLANTES DENTÁRIOS?
VERDADE: O diabetes não é uma contra-indicação absoluta para a colocação de implante. É importante que se mantenha a taxa de glicose em níveis aceitáveis, principalmente antes da cirurgia e durante os primeiros meses após a implantação.

7. O CIGARRO ATRAPALHA O SUCESSO DO IMPLANTE?
VERDADE: Pessoas que fumam têm uma redução na circulação de sangue na face, pois ocorre uma alteração nos vasos sanguíneos. Desta forma há uma maior dificuldade de cicatrização óssea.

8. PACIENTES CARDÍACOS TAMBÉM PODEM RECEBER IMPLANTES?
VERDADE: Entretanto, nestas situações, é importante que haja uma comunicação com o Cardiologista e saber se o paciente está em condições de se submeter a um procedimento cirúrgico.

9. AS DOENÇAS GENGIVAIS IMPEDEM A COLOCAÇÃO DO IMPLANTE?
MITO: No entanto, doenças gengivais devem ser tratadas previamente a qualquer cirurgia bucal. Vale lembrar que grande parte dos problemas gengivais são decorrentes de uma higienização bucal inadequada. Deve haver uma concientização/orientação sobre esses cuidados previamente à cirurgia.

10. QUEM JÁ USA DENTADURA PODE FAZER IMPLANTES DENTÁRIOS?
VERDADE: Essa é uma das principais indicações dos implantes dentários. Quem faz uso de próteses totais removíveis (dentaduras) bem adaptadas tem apenas 20% de sua capacidade de mastigação. Usuários de próteses totais fixas sobre implantes (Protocolo) desfrutam de 95% de sua capacidade mastigatória, comparado com pessoas que possuem todos os dentes naturais.

 Há 15 anos construindo belos sorrisos!!!